terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Estou indo viajar, então Feliz Ano Novo!!! =)

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente. =)
Carlos Drummond de Andrade

Receita de Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade
Quero que saibas que me lembro,
Queria até que pudesses me ver.
És parte ainda do que me faz forte,
E, para ser honesto.
Só um pouquinho infeliz.
(...)
Mas tudo bem, tudo bem, tudo bem.

Giz - Legião Urbana

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

=)

Aqui só existe o bem. Se você me deseja o mal, eu te desejo AMOR.
Caio F. Abreu

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Se a gente faz o que manda o coração, lá na frente tudo se explica.
 Fernanda Mello
Eu quero que dê certo, não estraga, por favor. Não estraga, não estraga, não estraga. Posso pôr um post-it na sua carteira? Mesmo que a gente não fique juntos pra sempre. Mesmo que acabe semana que vem. Nunca destrua o meu carinho por você. Nunca esfrie o calorzinho que aparece dentro de mim quando você liga, sorri ou aparece no olho mágico da minha porta. Mesmo que você apareça na porta de outras mulheres depois de me deixar. Me deixe um dia, se quiser. Mas me deixe te amando. É só o que eu peço.
Tati B.
Eu soube que você sossegou, 
que você encontrou uma garota e agora está casado.
Eu soube que seus sonhos se realizaram. 
Acho que ela lhe deu coisas que eu não lhe dei.
Velho amigo, por que você está tão tímido? 
Não é a sua cara se conter, ou se esconder da luz.
Eu odeio aparecer do nada, sem ser convidada, 
mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar.
Eu tinha esperança de que você me olhasse 
e se lembrasse de que pra mim, não acabou.
Não se importe, eu vou encontrar alguém como você. 
Não desejo nada além do melhor para você também.
Não me esqueça, eu imploro, eu lembro do que você disse:
Às vezes, o amor dura. Mas, às vezes ele fere.
Você sabe como o tempo voa.
outro dia, estávamos curtindo nossa vida.
Nós nascemos e fomos criados numa neblina de verão
Unidos pela surpresa dos nossos dias de glória.
Nada se compara, não se preocupe ou se importe...
Arrependimentos e erros também são recordações.
Quem saberia dizer o quanto amargo isto se tornaria?
(Someone like you - Adele)

Enquanto a vida vai e vem, você procura achar alguém que um dia possa lhe dizer: Quero ficar só com você...

(Antes das seis - Legião Urbana)

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Uma relação nem sempre termina porque não é feliz. Às vezes termina para preservar a felicidade da memória.

Fabrício Carpinejar
Vou rir bastante, manter um ar distante
e esquecer quanto tempo faz.

Martha Medeiros

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

...o que amacia a vida, acende o riso, convida a alma pra brincar, são essas imensas coisas pequeninas bordadas com fios de luz no tecido áspero do cotidiano. Como o toque bom do sol quando pousa na pele. A solidão que é encontro. O café da manhã com pão quentinho e sonho compartilhado. A lua quando o olhar é grande. A doçura contente de um cafuné sem pressa. Os instantes em que repousamos os olhos em olhos amados. O poema que parece que fomos nós que escrevemos. A força da areia molhada sob os pés descalços. O sono relaxado que põe tudo pra dormir. A presença da intimidade legítima. A música que nos faz subir de oitava. A delicadeza desenhada de improviso. O banho bom que reinventa o corpo. O cheiro de terra. O cheiro de chuva. O cheiro do tempero do feijão da infância. O cheiro de quem se gosta. O acorde daquela risada que acorda tudo na gente. Essas coisas. Outras coisas. Todas, simples assim.


Ana Jácomo
O que antigamente era "pra sempre" hoje não passa de lembranças.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Despertar, sob a luz de um novo dia e renovar. Encontrando nova força para amar em tempos difíceis.Descobrir sem querer o quanto é frágil decidir, escolhendo cada passo onde ir num futuro incerto. Não é fácil, prosseguir apagando da memória tudo aquilo que fez a nossa história, nossa vida de novo começar. Eu canto ao vento, que beija os meus cabelos num alento. Eu canto ao mar que apaga os meus sentidos, e me faz recomeçar. Decidi avançar o meu caminho sem deixar que o passado, o destino, possam destruir uma vida honesta. Revirar alegrias e lamentos. Entender, que só mesmo o próprio tempo nos dará, todas as respostas.
(Recomeçar - Tânia Mara)

sábado, 10 de dezembro de 2011

De tarde quero descansar, chegar até a praia e ver se o vento ainda esta forte, e vai ser bom subir nas pedras. Sei que faço isso pra esquecer, eu deixo a onda me acertar, e o vento vai levando tudo embora...Agora está tão longe ver, a linha do horizonte me distrai. Dos nossos planos é que tenho mais saudade. Quando olhávamos juntos na mesma direção. Aonde está você agora? Além de aqui dentro de mim...Agimos certo sem querer, foi só o tempo que errou. Vai ser difícil sem você, porque você esta comigo o tempo todo. E quando vejo o mar, existe algo que diz que a vida continua e se entregar é uma bobagem...Já que você não está aqui, o que posso fazer é cuidar de mimQuero ser feliz ao menos, lembra que o plano era ficarmos bem? Olha só o que eu achei...cavalos-marinhos...Sei que faço isso pra esquecer. Eu deixo a onda me acertar e o vento vai levando tudo embora...

(Vento no Litoral - Legião Urbana)
"Nem sempre a vida traz de volta o que o tempo separou do coração..."
(Claudia Leitte - Horizonte)

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

(…) Eu que não sei de tantas coisas, continuo crente no que, pros outros, parece incerto. Eu que sempre fui tão imediatista e fugaz, sento agora no cantinho mais confortável de mim, sem aquele desespero do começo, pra esperar você. Eu sei que você vem.
Rani Ghazzaoui





Não faz diferença se você vem amanhã ou não vem.
Desisti de esperar por alguém
cuja ausência me faz companhia.

Martha Medeiros

Saudade demais não traz ninguém de volta!

Que texto. Que lindo. Chorei. O ruim é saber que é assim mesmo que acontece!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Por fora, já desistiu. Por dentro, sempre descobre alguma desculpa para recomeçar.
Fabrício Carpinejar
Falo do amor de forma mística, sei o preço. (…) Sou muito inteligente, muito exigente e muito engenhosa para alguém ser capaz de se encarregar completamente de mim. Ninguém me conhece nem me ama completamente. Só tenho a mim.
 Simone de Beauvoir
Escrever é tantas vezes lembrar-se do que nunca existiu. Como conseguirei saber do que ao menos sei? assim: como se me lembrasse. Com um esforço de memória, como se eu nunca tivesse nascido. Nunca nasci, nunca vivi: mas eu me lembro, e a lembrança é em carne viva.

Clarice Lispector "A Legião Estrangeira"

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

"A minha cura pode ser seu sim, minha doença é o seu descaso..."

(Quando nada mais - Legião Urbana)

Toda vez que penso em você, eu sinto passar por mim um raio de tristeza. Não é um problema meu, mas é um problema que eu achei vivendo uma vida que não posso deixar para trás. Não faz sentido em me dizer que a sabedoria de um tolo não vai te libertar, mas é assim que as coisas são. E é o que ninguém sabe. E a cada dia que passa, minha confusão cresce. Toda vez que te vejo caindo, eu fico de joelhos e rezo. Estou esperando pelo momento final quando você dirá as palavras que não posso dizer. Eu me sinto muito bem, eu me sinto como nunca deveria me sentir. E quando eu fico assim eu simplesmente não sei o que dizer. Por que não podemos ser nós mesmos como eramos ontem? Eu não tenho certeza do que isso significa, eu não acho que você é o que mostra. E na verdade admito para mim mesmo, que se eu machucar outra pessoa, eu jamais verei o que na verdade deveríamos ter sido.

Sem palavras...

Nessa brincadeira de promessas, acreditei além do que devia.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Todos os dias Deus nos dá um momento 
em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. 
O instante mágico é o momento em que 
um 'sim' ou um 'não' pode mudar toda a nossa existência.
Paulo Coelho
Se não deu certo, apague e recomece. Esqueça o que ficou. Esqueça a culpa. A falta de plano. Esqueça a dúvida. O que foi quase engano. Apague e recomece. É sempre hora de mudar. De virar a página e se reinventar. Mesmo que doa, aprender não é um processo à toa.
Fernanda Mello
Houve uma mudança de planos e eu me sinto incrivelmente leve e feliz. Descobri tantas coisas… Existe tanta coisa mais importante nessa vida.
Caio F. Abreu
O que prevalece agora é essa maneira nova de sentir a vida.
Essa perspectiva que me faz admirar, incansáveis vezes, antigas preciosidades.
Essa vontade de bendizer tantas maravilhas.
Esse sentimento de gratidão pelas coisas mais simples que existem.
Esse jeito mais amigo de ouvir meu coração.
O que prevalece agora é essa apreciação mais desperta,
que me permite reinaugurar flores e céus e pessoas no meu olhar.
Essa graça que encontro, de graça, nos detalhes mais singelos.
O que prevalece agora é a confortável suposição de que, por trás de tantas e habituais nuvens, esse contentamento faz parte da nossa natureza.
Os problemas, os desafios, as limitações, não deixaram de existir. Deixaram apenas de ocupar o espaço todo.

Ana Jácomo

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Não esqueci a tempestade, não esqueci de nada, mas tomei uns analgésicos e a dor, aos pouquinhos, vai passando. E mesmo que você venha ameaçar meu dia com chuva, hoje vai fazer sol! E a previsão do tempo de amanhã também é sol, um sol digno de praia. Mas amanhã é amanhã, embora eu saiba que também vou sorrir, vou começar a sorrir logo de hoje, porque a vontade pulsa em mim, anima tudo aqui dentro do meu corpo e eleva minha alma. Eu vou sorrir porque quero! Porque nada do que você faça hoje roubará o meu sorriso de mim.
Tati B.
Que eu tenha sempre comigo: Colo de mãe. Abraço apertado. Riso de graça. Brilho no olho. Amor quentinho. Tristeza que passa. Força nos ombros. Criança por perto. Astral bonito. Prece nos lábios. Saudade mansinha. Fé no futuro. Delicadeza nos gestos. Conversa que cura. Cotidiano enfeitado. Firmeza nos passos. Sonhos que salvam. Livrai-me de tudo que me trava o riso.
Caio F. Abreu
Ultimamente não estou esperando coisas boas, e nem ruins, de nada e nem de ninguém. Por mim, tanto faz, cansei de criar falsas expectativas.
Caio F. Abreu

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mas acontece tipo assim: lembro do seu rosto, do seu abraço, do seu cheiro, do seu olhar, do seu beijo e começo a sorrir, é assim mesmo, automático, como se tivesse uma parte do meu cérebro que me fizesse por um instante a pessoa mais feliz do mundo, mas que só você, de algum modo, fosse capaz de ativar. Eu sei, é lindo. Mas logo em seguida, quando penso em quão longe você está sinto-me despedaçar por inteira. Sabe a sensação de arrancar um doce de uma criança? Pois é, sou essa criança. E dói. Uma dor cujo único remédio é a sua presença. Então sigo assim, penso em você, sorrio, sofro e rezo, peço pra Deus cuidar da gente, amenizar essa dor e trazer logo a minha cura.

CFA
E Back to You do John Mayer que nunca toca?

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Às vezes, podemos passar anos sem viver em absoluto, e de repente toda a nossa vida se concentra num só instante.
Oscar Wilde
Nada mais que possibilidades. Nada mais que desejos.
E, de repente, ser realização, ser verão, ter sol.
Rainer Maria Rilke

Nem todas as verdades são para todos os ouvidos. Nem todas as mentiras podem ser suportadas.

Umberto Eco

sexta-feira, 25 de novembro de 2011



As lágrimas à toa é que evito, porque sei que nada é à toa, me custaria muito justificar a mim mesmo o surgimento delas...

Martha Medeiros
Talvez nós todos demos o melhor de nossos corações sem questionar para aqueles que mal pensam em nós.
Da série One Tree Hill
Quero aprender a perguntar menos. Eu espero ansioso por este dia. Quero descobrir a graça de sorrir diante de tudo o que ainda não sei. Quero que a matriz de minhas alegrias seja o que da vida não se descreve...
Padre Fábio de Melo
Já tive aos montes pessoas que não compensam esquentando a cadeira ao lado do cinema, o banco ao lado do carro e o travesseiro extra da cama. E nem por um minuto senti meu peito aquecido. A gente até engana os outros de que é feliz, mas por dentro a solidão só aumenta. Estar com alguém errado é lembrar em dobro a falta que faz alguém certo.
Tati B.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Podemos guardar os sentimentos o tempo que quisermos. Mas isso não significa que não existam.
Da série, Hart of Dixie

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Tomara que os olhos de inverno das circunstâncias mais doídas não sejam capazes de encobrir por muito tempo os nossos olhos de sol. Que toda vez que o nosso coração se resfriar à beça, e a respiração se fizer áspera demais, a gente possa descobrir maneiras para cuidar dele com o carinho todo que ele merece. Que lá no fundo mais fundo do mais fundo abismo nos reste sempre uma brecha qualquer, ínfima, tímida, para ver também um bocadinho de céu. Tomara que os nossos enganos mais devastadores não nos roubem o entusiasmo para semear de novo. Que a lembrança dos pés feridos quando, valentes, descalçamos os sentimentos, não nos tire a coragem de sentir confiança. Que sempre que doer muito, os cansaços da gente encontrem um lugar de paz para descansar na varanda mais calma da nossa mente. Que o medo exista, porque ele existe, mas que não tenha tamanho para ceifar o nosso amor. Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo. Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes. Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria. Tomara que apesar dos apesares todos, dos pesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz. Tomara.
Ana Jácomo
Eu quero eternizar o seu sorriso lindo – mas eu nunca falei dele pra você. Nem falei do seu cheirinho bom. Que é o cheiro de uma nova vida que eu estava precisando tanto. E você nem sonha que eu sou meio ciumenta, bem chata, quero ser mãe e acredito no amor da minha vida. Acredito no amor pra sempre. Acredito em alma gêmea.

Tati B.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

E não sou muito boa nessa história de consolar, especialmente quando tenho as mãos frias e a cama é quente. Carreguei-o com delicadeza pela rua destroçada, com sal nos olhos e o coração mortalmente pesado. Observei por um instante o conteúdo de sua alma, e vi um menino pintado de preto, gritando o nome de Jesse Owens ao cruzar uma fita de chegada imaginária. Vi-o afundado até os quadris em água gelada, perseguindo um livro, e vi um garoto deitado na cama, imaginando que gosto teria um beijo de sua gloriosa vizinha do lado. Ele mexe comigo, esse garoto. Sempre. É sua única desvantagem. Ele pisoteia meu coração. Ele me faz chorar.
Do livro A menina que roubava livros - Markus Zusak
Ninguém nunca espera que eu saia dos meus limites. Quem me conhece de verdade? 
E quem sabe dos momentos que eu estou a ponto de explodir? As saudades são grandes, o telefone mudo. Me identifico com livros e personagens e nem tenho uma história pra contar. E se eu contar, quem vai se importar?

Verônica H.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Eu comecei a lembrar, lembrar, lembrar e o meu pensamento parecia um parafuso sem fim, afundando na memória, eu não suportava mais lembrar de tudo o que se perdeu, tudo o que perdi, não fui e não fiz, mas não conseguia parar.

Caio F.
O Sol vai, mas ela fica lá observando de longe. Um dia vai se declarar e quem sabe ele esteja esperando mesmo ouvi-la. Por que a Lua não se apaixona por aquela estrela, sempre a primeira a aparecer no céu, louca pra chegar perto dela? Por que o Sol, tão consciente disso tudo, não dá um pouco de brilho pra Lua durante o dia também? 
Por que a gente nunca pode se apaixonar por quem tá por perto, esperando pra dizer o quanto a gente é especial?
Verônica H.
Não quero uma vida pequena, um amor pequeno, uma alegria que caiba dentro da bolsa. Eu quero mais que isso. Quero o que não vejo. Quero o que não entendo. Quero muito e quero sem fim.
Fernanda Mello

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Porque você não sabe, mas tenho corrido maratonas e vencido monstros gigantescos para conseguir sentir tudo isso sem arrancar minha cabeça fora.
Tati B.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Acho normal. Acho perfeitamente normal lembrar com carinho que você sempre dava um jeito de me mandar mensagens em datas festivas. Era como se dissesse, sem dizer “eu sei que já faz tempo, mas ainda amo você”.
Tati B.
Estou numa relação maravilhosa comigo mesmo. Meu francês soltou-se, falo maravilhosamente e faço tudo com o maior desembaraço e sozinho. Alguma coisa em mim parece que laceou, eu era tão cheio de medos. Aprendi também a não contar muito com os outros: na medida do possível, faço tudo só. Dá mais certo.

Caio F.
Mas quero te contar umas coisas.
Mesmo que a gente não se veja mais.

Penso em você, penso em você com força e carinho.
Caio F.

domingo, 13 de novembro de 2011



Eu não mudaria nada.
Não desistiria de um segundo sequer de nossa vida juntos.




Do filme, Te Amarei para Sempre
Mas eu gostava dele, dia mais dia, mais gostava. Digo o senhor: como um feitiço? Isso. Feito coisa-feita. Era ele estar perto de mim, e nada me faltava. Era ele fechar a cara e estar tristonho, e eu perdia meu sossego.
Guimarães Rosa


sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Melhor música!

Eu olhei em volta...então olhei de volta para você. Você tentou dizer coisas que você não pode apagar. Se eu tivesse o meu caminho, eu nunca esqueceria de você. Hoje é o dia, eu rezo para que possamos superar.Superar a queda. Superar tudo. Eu não quero cair aos pedaços. Eu só quero sentar e te olhar. Eu não quero falar sobre isso. Eu não quero conversar. Eu só quero chorar na sua frente. Eu não quero falar sobre isso. Porque eu estou apaixonada por você. Você é o único, com quem eu ficaria até o final. Quando eu vou inacabada, você me traz de volta. De volta abaixo das estrelas. De volta pros seus braços. Quero saber quem você é. Quero saber por onde começar. Eu quero saber o que isto significa. Quero saber como sentir. Quero saber o que é real. Eu quero saber tudo, tudo. Eu não quero cair aos pedaços...Porque eu estou apaixonada por você. 

Fall to Pieces - Avril Lavigne

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

As pessoas erram muito porque refletem pouco. Sofrem muito porque não administram de um jeito certo as causas que as fazem sofrer. Escolhem errado, vivem errado, amam errado. Tudo porque faltou reflexão.

Padre Fábio de Melo

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Ele pode estar olhando as suas fotos neste exato momento. Porque não? Passou-se muito tempo. Detalhes se perderam. E daí ? Pode ser que ele faça todas as coisas que você faz, escondida. Sem deixar rastro nem pistas. Talvez ele passe a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram seus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você . Todos os dias. E ainda assim preferir o silêncio. Ele pode reler seus bilhetes, procurar o seu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir as suas músicas, procurar a sua voz em outras vozes. Quem nos faz falta acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape! Talvez ele perceba que você faz falta. E diferença. De alguma forma, numa noite fria. Você não sabe. Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado verão em Paris. Talvez ele volte. Ou não.

Caio F. Abreu

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Tudo com o que eu me importo, ME IMPORTA MUITO. Me suga, me leva, me atrai, se funde com tudo o que sou e me consome. Toda. Por inteiro. Sorte minha me doar tanto - e com tal intensidade - e ainda sair viva dessa vida.
Fernanda Mello

Ô minha filha, as suas dores não são as maiores do mundo e nem vão ser. Sacode a poeira. Toma um banho de rio. Abre essas asas. Grita alto, chora baixo. Pula alto e cai de cara. Desenha toda a beleza do mundo. Compra uma caixa de lápis de cor e sai aí colorindo a vida.

Tati B.
(…) Quando vai dando assim, tipo umas onze da noite, o horário que a gente se procurava só pra saber que dá pra terminar o dia sentindo algum conforto. Quando vai chegando esse horário, eu nem sei. É tão estranho ter algo pra fugir de tudo e, de repente, precisar principalmente fugir desse algo. E daí se vai pra onde?

Tati Bernardi
Tenho medo de terminar sozinha. Tenho medo de ser sempre amiga, irmã e confidente, mas nunca o ‘tudo’ de alguém.

Tati B.

domingo, 6 de novembro de 2011

Fato!

"Amor igual ao teu eu nunca mais terei...Amor que eu nunca vi igual, que eu nunca mais verei..."



sábado, 5 de novembro de 2011

Me desculpe se isso te machuca, mas eu tentei manter o que nós tivemos uma vez. Eu estava errada, isso não estava me mantendo acordada. Você não escutou, você não me ouviu quando eu disse que eu queria mais. Eu não tive mais. Você estava me levando para longe. Não é suficiente, não é suficiente para me dar. Isso é o que eu quero, não é suficiente. Não é suficiente para me ter. Tudo que eu quero. E eu, eu desejava que fosse...Acho que é a hora de desistir. Todas as memórias que estamos perdendo. O tempo que eu gastei com você todos os dias, eu acho que está correndo para ser drenado. Eu estou sentindo que nós estamos desaparecendo. Não deixe isso mais difícil do que você pensou que ia ser. É muito mais fácil do que parece. E eu sinto que está caindo lentamente, lentamente. Eu posso ver que você está começando a se afogar. Não posso parar agora. Eu posso ver você se queimando. Então me mostre, me mostre como você vai reverter isso porque...Não é suficiente pra mim.

Avril Lavigne - Not Enough